É com alegria que escrevo sobre a Inspiração, uma característica humana tão especial e que pode contribuir para uma total mudança de perspetiva de vida para quem a integra na sua experiência. E a boa notícia é que ela se pode aprender! Neste artigo apresento a inspiração como a génese de um processo humano que pode ser aplicado a quem realiza Mudanças Pessoais Inspiradoras. Assim, como no caso das criações artísticas inspiradas a origem provém de uma ideia que toma forma ao longo do processo criativo, em mudanças individuais, a vontade de melhorar algo inspira a realizar um processo que muda o estado existencial de quem o realiza. Nesta conceção, podemos fazer mudanças pessoais que nos inspiramos viver e a inspiração torna-se a via de concretizar aquilo que queremos mudar ou melhorar. É esta a base em que consolidei o meu trabalho de Inspirational Coaching pioneiro em Portugal, e através dele acompanho pessoas a fazer mudanças pessoais e sociais que as inspira realizar. E da minha experiência pessoal e profissional identifico que se a inspiração para mudar pode ser um processo mais intuitivo para umas pessoas, para outras ele passa por algumas etapas para que seja encontrada a mudança que se quer projetar. Em ambos os casos, o passo seguinte é que vai determinar em largo alcance como é que ela acontece. Para isso, o assegurar que certas condições sejam atendidas é fator determinante. De entre elas as mais importantes são: dedicar-se à sua inspiração com compromisso, manter-se no foco, e ter um ritmo pessoal com um suficiente grau de equilíbrio. A abordagem de inspiração que desenvolvo é pratica e como exemplo convido o leitor a iniciar uma Mudança Inspiradora ao seguir estes passos:

  • Identificar uma mudança que seja importante, ou um aspeto pessoal que gostasse de melhorar agora na sua vida.
  • Dedicar um tempo para refletir. Uma hora é suficiente. Escolha o dia e coloque na agenda. Vá a um local tranquilo, uma esplanada ou local agradável, desligue o som do telemóvel, é tudo o que necessário. Dedique esse tempo a pensar plenamente sobre o assunto, e a inspirar sobre ele.
  • Responda a estas questões: o que me inspiro melhorar ou mudar agora (algo específico); que ajudas necessito de ter (Para a mudança ter um maior alcance deve contar com apoios especializados para fazer as coisas de forma mais abrangente. Recorde-se que “fazer o que sempre fizemos vamos obter o que sempre tivemos”, e isto não promove mudanças, apenas se faz as coisas de outra forma. Exemplo, se quer desenvolver uma atividade criativa ou ter um estilo de vida mais saudável não vai ter de aprender isso por si mesmo, mas contar com o apoio de um professor artístico ou de um profissional de saúde e bem-estar para guiar a sua mudança).
  • Decida quem ou onde pode começar a procurar os seus apoios. Pode ser simplesmente telefonar a uma pessoa amiga que lhe pode dar uma indicação, mas decida e tenha ações concretas.
  • Escreva tudo! – nomes, locais, temas e datas que para iniciar os contactos e procurar o que precisa. Se for possível tomar logo alguma ação nesse sentido, ótimo! A inspiração já está em ação.
  • Faça um plano de inspiração. Quanto tempo é necessário para o realizar? 1 mês, 3 meses, 6 meses, um ano? E comece com o que pode fazer nesse dia e nessa semana. Que recursos materiais, humanos necessita? – Que dificuldades podem surgir? – Como as pode superar se surgirem?
  • Mantenha-se na inspiração. Partilhe com alguém de confiança e escreva num cartão a sua Mudança Inspiradora. E coloque na carteira, ou onde possa ver todos os dias. E inspire-se a si mesmo ao concretizá-la.

Para integrar a INSPIRAÇÃO no quotidiano ficam ainda algumas indicações para seguir de forma simples e de acordo consigo mesmo:

  1. A essência da inspiração é um ato de querer sair de si para aprender com a vida, com tudo, e com esse acréscimo criar algo para partilhar com outros.
  2. A inspiração pode ser tudo aquilo que tenha para nós um sentido especial.
  3. Tenha uma relação de inspiração com a natureza. Junto a ela sente-se um bem-estar que permite boas emoções e que facilita a ter ideias e inspirações.
  4. Faça passeios regulares na natureza para desenvolver um sentido de equilíbrio físico, mental e emocional. Por isso mesmo, é das atividades mais recomendadas para crianças e jovens por lhes permitir conectar-se com o seu mundo interior de calma e ordem que favorece a sua experiência de equilíbrio, menos possível em contextos de agitação e confusão.
  5. Muitas pessoas podem ter momentos de inspiração; porém, eles têm de ser seguidos por longos momentos de trabalho para dar forma às ideias inspiradas.
  6. Aprenda a fazer escolhas boas todos os dias. Para viver com inspiração escolha fazer todos os dias coisas que @ fazem feliz.
  7. Desenvolva bons hábitos de saúde e bem-estar é condição das pessoas inspiradoras. Seguir uma alimentação saudável, praticar desporto e descansar o suficiente são as bases.
  8. Desenvolver competências pessoais, sociais e ter atos de afetos com todas as pessoas com quem se cruza e tenha uma atitude entusiasmada de viver. Faça o que puder para aprender e cultivar a sua pessoa inspiradora.
  9. Seja um exemplo positivo e de interajuda em tudo o que puder com quem faz parte dos seus dias.

Toda a prática da Inspiração necessita de seguir um plano e ritmo, e não é suposto que ao ler este artigo saber criar o seu, mas comece por atender que só com método e disciplina podem acontecer mudanças reais de vida. Para adotar esta perspetiva na vida aprenda mais sobre como se pode melhorar como pessoa e observe a forma como se sente bem ao praticar a inspiração na sua vida. Se esta leitura lhe fez sentido e sente um impulso para empreender uma mudança inspiradora, dê-lhe espaço de acontecer e permita que a sua Inspiração comece aqui.

Fernanda Helena

Inspirational Coach – Life & Business

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

Junte-se à minha mailing list para receber as últimas notícias e actualizações.

Inscreveu-se com sucesso!

Pin It on Pinterest

Share This